Reter talentos pode ser uma tarefa desafiadora para os gestores. Em busca de estratégias eficientes para impedir que bons colaboradores deixem a empresa por qualquer oportunidade, algumas organizações oferecem a Participação nos Lucros ou Resultados aos seus funcionários.

Trata-se de um bônus bastante atrativo, que se mostra um diferencial competitivo para as empresas que adotam tal prática. Contudo, muitos trabalhadores não conhecem exatamente como funciona esse benefício e quais são os esforços necessários para alcançar os objetivos empresariais.

Você sabe como funciona o benefício? E, afinal, qual é a sigla correta: PLR, PRL ou RPL? Para responder a essas e outras perguntas sobre o assunto, preparamos este artigo com as dúvidas mais comuns sobre o tema. Confira!

Qual é o termo correto: PLR, PRL ou RPL?

Já reparou que escrever corretamente alguns termos pode representar uma tarefa complicada? Pensando nisso, a EBRADI criou este dicionário para ajudar a resolver o problema. Hoje, entraremos no fantástico mundo do Direito.

Uma dúvida muito comum é sobre como escrever a sigla relacionada à Participação nos Lucros ou Resultados. Seguindo a letra inicial de cada palavra do termo, na ordem em que aparecem, o modo correto é PLR.

O que é a Participação nos Lucros ou Resultados (PLR)?

A PLR é um tipo de remuneração baseado na divisão dos lucros entre a organização e seus funcionários. Ela é regida pela Lei n.º 10.101/2000, que foi criada especificamente para regular a participação dos trabalhadores nos lucros e resultados da empresa empregadora.

Para determinar quem terá direito ao recebimento do benefício, usualmente, a empresa estipula algumas metas que devem ser alcançadas pelos funcionários para receberem essa recompensa financeira. Dessa maneira, a PLR incentiva o engajamento e a produtividade dos colaboradores.

Como funciona essa participação?

A Participação nos Lucros ou Resultados funciona da seguinte forma: quando as metas são alcançadas pelos empregados, o pagamento é feito de acordo com a participação de cada um. Ou seja, a PLR só será creditada quando as metas forem atingidas, e ele refletirá a importância de cada colaborador nesse processo.

Tenha as mesmas condições

Embora seja regulamentada por lei, a PLR não segue uma regra única para a sua aplicação, tornando o critério utilizado para o pagamento bastante variável. Assim, a divisão do lucro pode ser efetuada em partes iguais, por cotas diferenciadas — a depender do cargo e do salário —, por valor fixo para todos os funcionários, entre outros.

Além disso, a data do pagamento também pode ser negociada, geralmente por meio de acordo entre empresa e sindicato. Embora seja comum o pagamento semestral, a PLR ainda pode ser paga anualmente, em parcela única.

Qual é a diferença entre PLR e PPR?

Quando falamos sobre Participação nos Lucros ou Resultados, costumam surgir algumas dúvidas. Entre elas, a mais frequente é: qual é a diferença entre PLR e PPR? Para responder a essa pergunta, precisamos, primeiramente conceituar o que é PPR.

Trata-se da sigla para o Programa de Participação nos Resultados, um benefício atrelado a alguns resultados da empresa. Seu principal objetivo é premiar os funcionários pelo atingimento de metas previamente estabelecidas, ou seja, ele está ligado a objetivos concretos.

Logo, enquanto na PLR os pagamentos estão relacionados ao retorno econômico, no PPR, o foco está nos resultados da organização, e não apenas no lucro. Este é um fator motivador para os funcionários, pois mesmo se a empresa não tiver lucro — ou mesmo se tiver prejuízo —, mas as metas forem alcançadas, os empregados ainda receberão o pagamento definido pelo PPR.

Desse modo, a principal diferença entre eles é que o PLR está sujeito a influências externas — como crises econômicas e baixas no mercado — e não depende unicamente do empenho dos funcionários. Já o PPR está vinculado apenas ao empenho dos colaboradores.

A escolha entre um ou outro caberá à empresa, que precisa avaliar a motivação dos colaboradores para determinar qual das práticas dará mais resultados. Portanto, a definição do benefício deve atender ao planejamento estratégico do negócio.

Como vimos, os programas de benefícios e recompensas ao trabalhador são excelentes formas de manter a produtividade e o engajamento da equipe em alta. Embora muitas pessoas se confundam com os termos — PLR, PRL ou RPL — a Participação nos Lucros ou Resultados é uma boa estratégia de retenção de talentos.

Gostou do nosso conteúdo? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe seu comentário com dúvidas ou sugestões!

newsletter

Novidades de EBRADI por e-mail

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Entre em contato com a equipe EBRADI

Preencha o formulário e fale com um consultor de vendas

Condições especiais para a sua matrícula

| AVISO DE COOKIES

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para auxiliar na navegação, aprimorar a experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo do seu interesse. Para mais informações consulte nosso Aviso Externo de Privacidade.