Por Luana Damasceno

Saber se posicionar diante das diversas situações que a atividade jurídica exige é uma das particularidades da advocacia. Por isso, é indispensável que o operador do Direito adote uma postura positiva diante das adversidades do dia a dia, bem como tenha pleno domínio sobre a sua capacidade de argumentação jurídica.

É com a aplicação prática das técnicas de persuasão que o advogado garantirá não apenas uma trajetória profissional de sucesso, mas também uma posição de destaque no mercado competitivo.

Para saber mais sobre como melhorar a sua capacidade de argumentação, prossiga a leitura e confira as dicas que preparamos para você exercitar essa habilidade.

Como aprimorar a argumentação jurídica

Há uma linha tênue entre os conceitos de argumentação e retórica. A arte de saber se expressar bem é uma das habilidades que deve ser aprimorada mediante a prática constante de exercícios, leituras e conversação.

Aprender a argumentar envolve um processo de aprendizado contínuo no que tange a utilização de uma postura corporal correta, vocabulário adequado, capacidade de ouvir e de saber respeitar a opinião alheia, domínio do assunto e autoconhecimento.

Diante desse cenário, é importante que o advogado saiba desenvolver as suas competências e habilidades como forma de melhorar a sua oratória. Para aprender como usar a arte do convencimento a seu favor, acompanhe a seguir as nossas 6 dicas e aplique na prática as técnicas para o aprimoramento da argumentação jurídica.

1. Participe de debates

Por se tratar de uma atividade que visa estimular o raciocínio lógico e o pensamento crítico do indivíduo, o debate é também uma ótima maneira de você exercitar o seu poder de convencimento sobre determinado assunto.

Praticar a sua argumentação por meio de debates é uma forma de expor não apenas o seu ponto de vista, mas de saber ouvir e respeitar as opiniões partilhadas pelo seu oponente.

Dessa forma, a participação em debates informais pode trazer inúmeros benefícios para o desenvolvimento das suas competências argumentativas, o que favorece tanto a incorporação de outras perspectivas de pensamento quanto a construção de conhecimento sobre o tema debatido.

2. Faça mapas mentais 

A utilização desse método como uma das técnicas para melhorar a argumentação jurídica possibilita ao estudante expressar as suas ideias de forma rápida e simplificada.

De igual modo, os mapas mentais são ferramentas eficazes para ajudar na memorização e revisão daquilo que você precisa. Por se tratar de diagramas de fácil assimilação, o uso dos mapas mentais na sua rotina pode ajudar você a aproveitar melhor o seu tempo com outras atividades.

Assim, além de conseguir ter uma visão mais ampla do assunto, com a elaboração de mapas mentais, você também terá a sua disposição uma técnica de estudo ativo e de organização de argumentos favoráveis ou não a determinada tese jurídica.

Tenha as mesmas condições

3. Use metáforas 

O uso de figuras de linguagem na argumentação demonstra a capacidade do interlocutor em saber expressar razão e emoção no mesmo raciocínio.

Nesse sentido, ela se constrói com base na retórica como recurso argumentativo capaz de aumentar o grau de persuasividade e de influenciar o ouvinte a aceitar a tese jurídica que está sendo defendida pelo interlocutor.

Por isso, a metáfora é uma das figuras que mais se destacam na hora do discurso jurídico, traduzindo-se como uma linguagem capaz de transmitir significados que aproximam a realidade do receptor à do orador.

4. Comunique-se com clareza 

Aprender a se comunicar é essencial para os operadores do Direito. Quando você consegue defender seu posicionamento sobre determinado assunto com clareza, a receptividade do público para com o seu discurso trará mais segurança e autoconfiança para a sua vida profissional.

Uma comunicação objetiva e de fácil compreensão ajudará o advogado não só a raciocinar rapidamente, mas também a transmitir uma mensagem útil ao ouvinte.

5. Evite ser agressivo

A agressividade é um ponto a ser evitado no exercício da advocacia. Um bom argumento envolve, além de conhecimento sobre assunto, comunicação clara, autocontrole e tom de voz adequado para aquele tipo de ambiente.

Dessa maneira, a intensidade da voz pode influenciar tanto na sua comunicação com o receptor quanto na sua imagem profissional. É preciso, portanto, saber moderar o seu tom de voz para cada situação, pois é o estilo de locução adotado por você na hora de argumentar que transmitirá firmeza e credibilidade na sua fala.

6. Tenha um bom domínio da língua portuguesa

A capacidade de falar bem e de se expressar corretamente pressupõe um bom conhecimento teórico da língua. Assim, é crucial ter um bom domínio da linguagem para quem busca por oportunidades no mercado de trabalho.

Na área jurídica, o domínio da língua portuguesa é um dos fatores determinantes para que o operador do Direito demonstre não apenas o seu conhecimento teórico sobre o assunto, mas consiga convencer o juiz sobre o cabimento da lei naquele caso concreto.

Isso acontece porque a advocacia está intimamente ligada ao uso da boa linguagem. Além de ser a principal ferramenta de trabalho do advogado, a necessidade em transmitir com clareza e brevidade os seus argumentos, seja numa peça jurídica, audiência ou sustentação oral, implica em utilizar da argumentação com conhecimento, tática e habilidade.

É aplicando, na prática, essas técnicas sobre como melhorar a argumentação jurídica que o profissional de Direito conseguirá atingir não apenas o seu objetivo de convencimento, mas também de transmitir a sua mensagem de forma eficaz.

Desse modo, cabe a você investir na criação e no desenvolvimento de suas competências e habilidades para o bom desempenho de sua função, pois sabemos que os novos tempos demandam pessoas altamente capacitadas e dispostas a melhorar a cada dia.

Dito isto, é essencial saber quais são as suas prioridades e quais são as habilidades que você pretende desenvolver. Estabelecer metas, aprimorar seu conhecimento por meio de cursos voltados para a sua área de formação, saber ouvir e ter a capacidade de autoconhecimento são formas eficientes e vantajosas de desenvolver boas habilidades e competências profissionais, assim como melhorar a argumentação jurídica.

Gostou do post sobre como aprimorar o seu poder de convencimento? Então, que tal compartilhar esse conteúdo nas suas redes sociais?

newsletter

Novidades de EBRADI por e-mail

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Entre em contato com a equipe EBRADI

Preencha o formulário e fale com um consultor de vendas

Condições especiais para a sua matrícula

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

| AVISO DE COOKIES

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para auxiliar na navegação, aprimorar a experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo do seu interesse. Para mais informações consulte nosso Aviso Externo de Privacidade.