Autora entrou com uma ação com o intuito de conseguir reembolso integral do tratamento de acupuntura que está fazendo em razão de doença laboral, já que a operadora do plano de saúde somente reembolsa a quantia de R$ 58 por sessão enquanto precisaria desembolsar R$ 120.  Além do reembolso, a autora também está pedindo uma multa moratória e indenização por danos morais.

Em sua defesa, a operadora justificou que a autora optou por fazer o tratamento em local não referenciado, desta forma, o reembolso de tais despesas estaria dentro dos limites contratuais.

O juiz Igor Barussi ressaltou que, independente do que é disposto no contrato regular do seguro de saúde “é necessário que se cumpra o princípio da informação, devendo a cláusula que estabelece limite de reembolso de despesas médico-hospitalares ser escrita de forma clara e com realce, o que não se verificou no contrato apresentado nos autos”.

Ele ainda afirma que não foram apresentados documentos comprovando a anuência da autora quanto aos limites do direito de restituição, ainda levando em conta a decisão do STJ na qual:

Tenha as mesmas condições

“o reembolso das despesas efetuadas pelo beneficiário com assistência à saúde deve ser permitido quando não for possível a utilização dos serviços próprios, contratados, credenciados ou referenciados pelas operadoras, sendo as hipóteses de urgência e emergência apenas exemplos (e não requisitos) dessa segurança contratual dada aos consumidores”.

Da mesma forma, levou em consideração a jurisprudência do TJ/PR, seguindo a logica de que deverá existir o reembolso integral no caso de ausência do dever de informação ou no caso de falta de contrato assinado, assim como a presença de cláusula não redigida com destaque.

Entendendo, assim, que a autora tem direito a receber a diferença do valor integral das sessões de acupuntura, julgando como parcialmente procedente os pedidos da beneficiária, de forma que a operadora de saúde terá que ressarcir o valor integral das sessões.

A sentença foi homologada pela juíza de Direito Roseana Assumpção do JEC de Curitiba/PR.

Gostou deste conteúdo?

Então, siga nossos perfis no FacebookInstagramLinkedIn e Twitter!

newsletter

Novidades de EBRADI por e-mail

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Entre em contato com a equipe EBRADI

Preencha o formulário e fale com um consultor de vendas

Condições especiais para a sua matrícula

| AVISO DE COOKIES

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para auxiliar na navegação, aprimorar a experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo do seu interesse. Para mais informações consulte nosso Aviso Externo de Privacidade.