Quem está ingressando nessa carreira ou quer mudar um pouco a atuação costuma se perguntar como montar um escritório de advocacia a fim de ter seu próprio local de trabalho e formar uma carteira de clientes.

Isso traz autonomia e flexibilidade, afinal o advogado não fica preso às normas do empregador ou do superior, podendo escolher melhor as ações, definir a atuação do escritório e ter maior retorno financeiro.

Para facilitar essa decisão, neste texto, nós daremos algumas dicas sobre como mantar um escritório para que você planeje esse novo passo com mais segurança e tranquilidade. Confira a seguir!

Estude as normas para abertura

Nossa primeira dica sobre como montar um escritório de advocacia é estudar as normas municipais e estaduais para a abertura do estabelecimento. É preciso saber que, se você tiver um sócio, é necessário elaborar um contrato social e registrá-lo na junta comercial, escolher o regime de tributação, entre outros procedimentos.

Também é necessário ter o alvará de funcionamento da prefeitura do município e o alvará do corpo de bombeiros. Atuar sem esses documentos é passível de multa e até suspensão das atividades.

Se você for atuar sozinho, é possível optar pela sociedade unipessoal de advocacia e utilizar o Simples Nacional como forma de tributação, o que reduz o valor dos impostos e simplifica a forma de recolhimento.

Por isso, pesquise com calma todos esses procedimentos, quanto eles custam e como conseguir todos os documentos necessários para que o escritório atue de forma regular perante todos os órgãos envolvidos.

Defina a área de atuação

Outra dica importante é definir uma área de atualização. Isso dependerá de cada advogado do escritório, seus temas com mais afinidades e possíveis especializações que cada um tiver.

Apesar de ser possível atuar em todas as áreas, essa pode ser uma má ideia, afinal são diversas leis, procedimentos, tipos de processo e requisitos para cada tema, então pode ficar difícil ter uma boa atuação.

Definir a área também ajuda a focar o trabalho, a manter os estudos e atualizações em dia e a alcançar nichos de mercado que trazem mais visibilidade e publicidade para o escritório.

Analise a concorrência

Uma boa estratégia para planejar como montar um escritório de advocacia é analisar bem a concorrência. Aqui, divida isso pela região e pelo próprio município. Veja quais são as áreas de atuação dos outros profissionais e o que está em falta na localidade.

Pense bem no que falta na sua região, principalmente em soluções modernas para os problemas jurídicos, como a advocacia 4.0, que é uma maneira de atuar nessa área considerando as evoluções tecnológicas e análise de dados.

Abrir um escritório que atua na mesma área de vários outros com mais tempo de estrada e visibilidade na região pode fazer o seu negócio demorar a deslanchar. Por isso, verificar quais são os ramos que faltam na sua cidade ou mesmo localidades que tenham poucos escritórios de advocacia pode render bons frutos.

Tenha as mesmas condições

Defina a localização

Um ponto fundamental sobre como montar um escritório de advocacia é definir uma localização. Isso influencia diversas decisões, inclusive em relação à área de atuação. Um escritório focado em Direito Trabalhista, por exemplo, tende a angariar mais clientes se for localizado perto de sindicatos, fábricas, centros de comércio etc.

Uma tática bastante utilizada é procurar salas perto do fórum da cidade ou da delegacia de polícia. Muitas pessoas são intimadas ou precisam utilizar esses serviços e, assim, podem se interessar pelo escritório que já está ali perto.

Planeje as finanças

Planejar as finanças também é fundamental na hora de montar um escritório de advocacia. Essa decisão envolve diversos custos e o retorno pode demorar um pouco a aparecer, afinal grande parte dos honorários são pagos ao final das ações.

Por isso, veja quanto gastará móveis, decoração, equipamentos essenciais para o trabalho, como computadores e impressoras, e com o pagamento de funcionários. Uma boa dica é fazer uma planilha e somar todos esses gastos para a abertura e também as despesas recorrentes, como aluguel, energia, salário e mensalidade da OAB.

Assim, você define por quanto tempo conseguirá manter o escritório com a reserva financeira e o quanto precisa faturar por mês para que valha a pena.

Converse com os sócios

Conversar com os sócios e alinhar as expectativas de todos é fundamental na hora de montar um escritório de advocacia. Todos precisam estar em acordo sobre as necessidades de gastos e quanto esperam ganhar de honorários.

Também é preciso dividir as áreas de atuação e as funções de cada um, afinal fazer a gestão do escritório demanda uma boa administração e divisão de tarefas.

Como é necessário pagar contas, falar com fornecedores, comprar materiais para o escritório, ter empregados, estagiários, contratar serviços, ter um software jurídico e organizar a agenda, faça essa divisão de tarefas de modo que funcione para todos.

Monte um time de qualidade

Além dos sócios, é fundamental montar um time de qualidade. Se possível, tenha uma pessoa para cuidar da recepção dos clientes e organizar a agenda, além de um estagiário para ajudar nas petições menos complexas e nas rotinas do escritório.

Claro que, dependendo do orçamento, nem sempre essas contratações são possíveis, mas isso é algo que você já deve planejar e colocar em prática assim que possível para melhorar o dia a dia no escritório.

Ter uma equipe ágil, que atenda bem o cliente e entenda do assunto é fundamental para que as pessoas saiam satisfeitas com o serviço do escritório, ainda que não seja possível entrar com alguma ação ou resolver o problema.

Lembre-se de que a advocacia tem várias restrições éticas em relação à publicidade e divulgação, por isso ter clientes satisfeitos é fundamental para espalhar o nome do escritório e angariar mais interessados.

Com essas dicas sobre como montar um escritório de advocacia, você pode começar a se planejar para fazer sua sociedade. Também é possível optar por ambientes digitais, digitalizando todas as informações para a prestação de serviços, atendendo clientes de várias localidades e protocolando processos por sistemas integrados com os Tribunais de Justiça.

Gostou deste texto? Não se esqueça de que prestar um serviço de qualidade exige especialização nas diversas áreas do Direito. Se você tem interesse no assunto, entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar.

newsletter

Novidades de EBRADI por e-mail

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Entre em contato com a equipe EBRADI

Preencha o formulário e fale com um consultor de vendas

Condições especiais para a sua matrícula

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

| AVISO DE COOKIES

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para auxiliar na navegação, aprimorar a experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo do seu interesse. Para mais informações consulte nosso Aviso Externo de Privacidade.