O curso de Direito oferece bastantes oportunidades em diversas áreas de atuação. Isso faz com que essa graduação se torne muito atrativa para os iniciantes na vida acadêmica, uma vez que você pode optar por trabalhar em diferentes segmentos. O Direito Interacional, por exemplo, ainda é pouco explorado por grande parte dos profissionais jurídicos, mas ele vem crescendo a cada dia por causa do grande progresso da globalização.

No entanto, essa área se caracteriza por exigir um grande conhecimento jurídico e de línguas estrangeiras. Afinal, é fundamental estar sempre atualizado sobre as mais importantes tendências do Direito a fim de promover um trabalho notável.

Para isso, existem várias especializações que podem fazer total diferença na hora de seguir essa carreira. Neste post, vamos mostrar a você o que é Direito Internacional, como construir uma carreira sólida na área, quais são as atividades desenvolvidas pelos profissionais, as possibilidades do mercado de trabalho, entre outras informações importantes. Prossiga a leitura e saiba mais.

Conceito de Direito Internacional

O Direito Internacional se relaciona ao fato de que as suas normas se manifestam nas relações rotineiras entre Estados, indivíduos e variados organismos. A sua meta é a determinação de uma justiça que salvaguarde a segurança jurídica nas relações entre os diversos países e a preservação dos Direitos Humanos.

Essa área se divide em dois segmentos diferentes, que são o Direito Internacional Público e o Privado. Enquanto este se baseia nas relações entre particulares ou companhias de variados Estados, aquele ressalta as relações entre países e organizações internacionais, como a Organização das Nações Unidas (ONU) ou o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Importância do Direito Internacional

O papel do Direito Internacional é ajudar no controle e na regulamentação de relações externas. Suas normas são capazes de ultrapassar os limites dos estados e territórios e, por conta disso, precisam ser consideradas por todos os países e instituições que querem fazer parte da comunidade internacional.

Um dos maiores desafios dessa área é encontrar ações eficientes que garantam a sua efetividade no cenário mundial de forma que exista uma constante atenção ao debate ético, à manutenção das boas relações e aos Direitos Humanos entre os países sem que ocorra a utilização da força e do abuso de direitos.

O Direito Internacional, mesmo não fazendo parte de um ramo novo, tem alcançado maior espaço no mercado, além de estar se destacando cada vez mais no meio jurídico.

Construção de uma carreira em Direito Internacional

O Direito é uma área que apresenta diversas esferas de atuação e, por isso, é fundamental que o profissional jurídico busque se especializar em alguma delas a fim de alcançar o sucesso almejado.

Para quem deseja atuar na carreira do Direito Internacional, é importante se especializar, pois essa é uma área que exige bastante dos advogados. Ou seja, para trabalhar nesse setor, o profissional deve estudar e se atualizar para se adaptar aos diversos cenários que vão surgir no decorrer do trabalho.

Tenha as mesmas condições

É muito comum que companhias multinacionais abram oportunidades para estágios e trainees. Isso demonstra um meio de buscar por talentos no mercado de trabalho que podem agregar de forma positiva o trabalho jurídico para essas empresas.

Para quem deseja integrar organizações de grande porte, é preciso se preparar antecipadamente, uma vez que a qualidade dos concorrentes aumenta diariamente. Assim, você deve procurar por cursos de idiomas e se pós-graduar na área de Direito Internacional.

Ao ter o domínio da escrita e da fala do inglês e de outras línguas, você já terá bons requisitos para chamar atenção dos recrutadores. Assim, conforme o profissional tenha capacitações em línguas diferentes e cursos de especialização na área, melhores são as possibilidades de iniciar na carreira do Direito Internacional.

Trabalho do profissional especializado em Direito Internacional

Considerando as diferenças entre as esferas públicas e privadas, o que pesa é a natureza dos envolvidos no processo, podendo ser entre Estados e organizações supranacionais ou entidades privadas. Melhor dizendo, o Direito Internacional Público pode ser mais bem entendido por meio de quem está envolvido no litígio, em especial quando são países.

Desse modo, cabe a esse ramo regular as obrigações dos estados soberanos, mediar a relação entre países, e também entre organizações internacionais. Os profissionais do Direito Internacional Público são responsáveis por elaborar acordos, tratados e convenções, intermediando relações entre as nações envolvidas.

Já no Direito Internacional Privado, o profissional estará incumbido de resolver litígios entre particulares de diferentes países, por meio da indicação da lei que será utilizada a fim de estabelecer uma relação harmoniosa entre as partes, podendo esse conflito ser da área comercial, familiar ou contratual.

Mercado de trabalho nessa área

A globalização da economia ofereceu diversas possibilidades para que profissionais jurídicos trabalhem em empresas multinacionais em qualquer lugar do planeta. Uma das razões é a expansão do comércio internacional, a qual exige das organizações maior cautela em relação às normas determinadas pelas nações e pela Organização Mundial do Comércio.

Nenhuma organização deseja que seu nome faça parte de irregularidades relacionadas à falta de cumprimento das regras que regem as transações comerciais, à sonegação fiscal, à falta de respeito com as normas ambientais, dentre outros.

Objetivo do Direito Internacional

Tanto o Direito Internacional Público como o Privado, por causa da globalização, têm apresentado um maior impulso nos últimos anos. Talvez essa não seja uma das áreas mais conhecidas no âmbito jurídico, porém é fundamental conhecê-lo, visto que nós estamos a cada dia mais próximos de nos tornarmos uma civilização que busca apenas um objetivo e não interesses particulares de cada nação.

Enfim, a carreira em Direito internacional está em constante ascensão e desenvolvimento. O mercado de trabalho nessa área é exigente, mas ainda faltam muitos profissionais competentes para assumir cargos tanto na área pública como na privada. É preciso se especializar para atuar nesse importante setor do Direito.

Este post foi útil para você? Deseja se especializar em Direito Internacional? Então, conheça o nosso curso de atualização jurídica e garanta uma posição de destaque em relação aos demais profissionais.

newsletter

Novidades de EBRADI por e-mail

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Entre em contato com a equipe EBRADI

Preencha o formulário e fale com um consultor de vendas

Condições especiais para a sua matrícula

| AVISO DE COOKIES

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para auxiliar na navegação, aprimorar a experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo do seu interesse. Para mais informações consulte nosso Aviso Externo de Privacidade.