A educação a distância é uma modalidade de estudo que oferece flexibilidade e contribui para o desenvolvimento da autogestão. Em razão das inúmeras vantagens que o formato proporciona, estudar EAD tem sido uma opção cada vez mais comum, que atende às necessidades de estudantes dos mais variados perfis e com diferentes objetivos profissionais.

No entanto, apesar dos benefícios do estudo a distância, como flexibilidade de horários e comodidade de estudar em qualquer lugar e hora, é preciso ter atenção à questão da produtividade. Isso porque, mesmo com todo o suporte da instituição de ensino, pode ser um desafio para o aluno lidar com a autonomia do EAD.

Pensando nisso, preparamos este artigo com dicas e orientações que ajudam a melhorar a produtividade nos estudos a distância. Continue a leitura e descubra como extrair o máximo proveito da sua formação!

Qual é a importância da produtividade nos estudos?

A produtividade nos estudos é uma questão relevante para todas as pessoas que querem atingir resultados satisfatórios em seus projetos. Em tal contexto, é interessante pensar que a produtividade é uma questão pessoal, que depende muito mais do esforço e do interesse do aluno que da modalidade de estudo escolhida.

Há pessoas que não conseguem ser produtivas mesmo em um ambiente de estudo presencial. Por isso, é errado atrelar à educação a distância a ausência de produtividade, uma vez que a produção e o desenvolvimento dependem muito mais da forma como a qual o aluno se comporta.

A produtividade vem com foco, organização e disciplina. Assim, é possível extrair o máximo dos estudos e agregar conhecimento relevante, o que vai ajudar a atingir os objetivos traçados. Esses objetivos podem ser:

  • passar no vestibular;
  • concluir curso de graduação;
  • aprovação na OAB; e/ou,
  • cursar uma pós-graduação.

Independentemente deles, com foco e determinação, fica mais fácil ser produtivo e aproveitar ao máximo os estudos.

Como ser mais produtivo nos estudos?

Existem inúmeras estratégias que podem ser colocadas em prática para ajudar na produtividade. Elas se aplicam aos estudos e ao trabalho. A seguir, apresentamos algumas dicas práticas que podem te ajudar. Confira!

Desenvolver uma lista de prioridades

Sabemos que grande parte das pessoas que optam pelo estudo a distância o fazem pela flexibilidade que o modelo de ensino oferece. A possibilidade de ajustar a rotina de estudos às demais atividades desempenhadas ao longo do dia é, sem dúvidas, um dos grandes diferenciais do EAD.

Contudo, nem sempre é fácil para o aluno conciliar atividades pessoais e profissionais com a rotina de estudos. Por isso, a primeira orientação é desenvolver uma lista de prioridades, uma ferramenta de organização na qual todas as tarefas e compromissos são classificados conforme a urgência. Dessa forma, você vai visualizar suas obrigações de maneira mais estratégica e focar as tarefas mais urgentes.

Quanto à elaboração, não há um modelo fixo para todas as pessoas. Na verdade, cada indivíduo tem a própria rotina, compromissos e, também, prioridades. Por isso, planeje quais informações são relevantes e o melhor modo de organizá-las.

A lista de prioridades deve ser formatada com antecedência, além de listar as tarefas, é necessário definir o que é importante e o que é urgente. Lembre-se de estabelecer quais tarefas demandam mais esforço e coloque-as no topo da sua lista.

Pode ser interessante utilizar métodos específicos, como Eisenhower fazia, por exemplo. A matriz Eisenhower é uma estratégia baseada em uma frase de Dwight D. Eisenhower, 34º presidente dos Estados Unidos e que dá nome à matriz. A frase “Eu tenho dois tipos de problemas, o urgente e o importante. O urgente não é importante, e o importante nunca é urgente”.

Isso significa que você pode montar sua lista de prioridades e estudos a partir da avaliação das tarefas, separando aquilo que é urgente daquilo que é importante.

Acompanhar o cronograma de estudos

Ao optar por um curso ou formação no formato digital, é fundamental que o aluno tenha em mente que existe toda uma organização pedagógica desenvolvida pela instituição de ensino. Nesse sentido, um dos pontos mais relevantes é o cronograma de estudos, o qual é elaborado com o objetivo de garantir o máximo de aproveitamento das aulas e atividades ao longo da formação.

Sendo assim, a recomendação é bastante simples: faça o possível para acompanhar o cronograma de estudos do seu curso, cumprindo as atividades na ordem e no momento proposto pela instituição. Também evite perder prazos e deixar que as atividades acumulem ao longo da semana ou do mês. Além de facilitar a organização, seguir o cronograma garante uma melhor fluidez na absorção do conteúdo, levando em conta o modelo pedagógico adotado.

Evitar as distrações durante os estudos

Sem dúvida, um dos pontos que mais prejudicam o rendimento do aluno no ensino a distância se relaciona às distrações. Nesse sentido, é preciso lembrar que, embora a possibilidade de estudar de casa ou de qualquer outro lugar seja algo positivo, não se pode negar que essa liberdade também pode implicar uma série de distrações, como aparelhos eletrônicos, barulho e pessoas.

Dessa forma, é muito importante que você se atente à qualidade do ambiente em que estuda. Ou seja, é necessário avaliar se o local é apropriado para esse tipo de atividade, se ele contribui para manter você focado, disciplinado e aproveitando o tempo.

Caso as distrações estejam presentes, faça o possível para eliminá-las. Por exemplo, evite estudar com o celular próximo, oriente familiares sobre sua rotina de estudos, cumpra atividades pessoais antes ou depois dos estudos e evite interrupções desnecessárias.

Discutir com colegas e professores sobre o conteúdo

Embora o EAD seja mais focado em atividades individuais, há diferentes situações em que ocorrem interações com alunos e docentes. Aproveitar tais momentos é fundamental para melhorar a motivação e o envolvimento com os estudos, facilitando ainda mais o processo de aprendizagem.

Tenha as mesmas condições

As interações tornam o estudo mais dinâmico e agradável, além de constituírem uma ferramenta poderosa para a troca de experiências e visões, potencializando debates. Para quem deseja fazer uma pós-graduação digital, por exemplo, esse contato com professores e colegas, ainda que em momentos específicos, contribui diretamente com o crescimento pessoal e profissional.

Ter uma rotina organizada

Um dos pilares da produtividade e da eficiência no ensino a distância é a organização. A grande autonomia oferecida pelo modelo digital requer do aluno dedicação aos estudos, comprometimento e disciplina para que ele adapte a rotina diária às atividades de ensino.

Para tal, é preciso ter método, planejamento e, mais do que isso, um certo rigor no cumprimento das tarefas. Nesse sentido, uma rotina organizada, com horários previamente estabelecidos para cada compromisso, otimiza bastante o rendimento. Agindo assim, fica mais fácil focar em apenas uma tarefa por vez, executando=a com qualidade.

Utilizar métodos e técnicas de estudo

Assim como qualquer outra atividade desenvolvida pelo ser humano, estudar também se torna uma tarefa mais eficiente a partir do uso de ferramentas e metodologias. Nesse sentido, existem diferentes exemplos de técnicas de estudo que ajudam a se concentrar mais e melhorar a produtividade. Confira algumas!

Técnica pomodoro

Consiste na criação de ciclos de produtividade nos quais há um período de produção e outro de descanso. Por exemplo, uma hora de estudos pode ser dividida em dois ciclos de 30 minutos, sendo que a pessoa passará 25 minutos estudando e 5 descansando ou conferindo e-mails, redes sociais etc.

Interrogação elaborativa

Esse método parte da ideia de que o aluno deve questionar tudo o que lê, buscando explicações que justifiquem os conceitos. Assim, a pessoa deve se perguntar “por que?”, em vez de responder ao “o quê?”. Isso ajuda na reflexão e favorece a assimilação dos conteúdos.

Mapas mentais

Os estudantes que mais facilidade com a chamada memória visual podem usar a técnica dos mapas mentais. Ela consiste na criação de imagens, setas e cores que vão ajudar na memorização dos conteúdos.

Esses mapas podem ser feitos em forma de diagramas, tópicos, balões, desenhos, esquemas de palavras, enfim, de uma maneira que as informações sejam organizadas e ordenadas de uma forma lógica que auxilie a se lembrar das informações.

Estudo Intercalado

O método, também chamado de rotação de matérias, trata-se de intercalar diferentes matérias durante o período de estudos. É considerado bastante eficaz, uma vez que, ao alternar as matérias, o aprendizado fica mais dinâmico e menos cansativo.

A proposta de intercalar disciplinas ajuda a estimular a memória de longo prazo, contribuindo para que o aluno retenha mais informações. Ou seja, o estudo intercalado auxilia a pessoa a estudar por um tempo maior.

Visualização

Essa é outra técnica interessante para as pessoas que tem uma boa memória visual, ou “memória fotográfica”. Ela se resume à criação de imagens relacionadas à matéria estudada, como um mecanismo para memorizar os assuntos.

O aluno precisa imaginar figuras e associá-las ao conteúdo que está sendo estudado. Se você tem uma boa memória fotográfica, pode buscar mecanismos de estudo que estejam atrelados à ela. O que vai contribuir muito com a memorização.

Resumo

Por fim, outra técnica bastante conhecida é a do resumo. Como o nome sugere, por meio dela o estudante anota os pontos mais importantes do texto e as principais ideias daquele conteúdo.

O simples ato de colocar no papel as informações de forma resumida já auxilia na compreensão e memorização. Se você é um aluno que gosta de escrever enquanto estuda, esse é o método ideal.

Mas para que os resumos sejam efetivos, é fundamental que eles não sejam cópias dos textos originais. E sim trechos elaborados a partir do entendimento sobre o que foi lido.

Quais hábitos podem acabar com a qualidade de estudo?

Alguns costumes são verdadeiros inimigos da qualidade de estudos e da produtividade. Isso não apenas no EAD, mas em estudos presenciais. A seguir, falamos um pouco mais sobre cada um deles:

  • procrastinação: o hábito de adiar o início das tarefas, acontece principalmente quando o aluno não tem uma rotina organizada e uma lista de tarefas para cumprir;
  • uso excessivo de dispositivos eletrônicos: smartphones, especialmente para acesso a redes sociais, são inimigos da rotina de estudos. Evite ter esses aparelhos por perto durante o período dedicado a estudar;
  • cobrança exagerada: uma rotina intensa e desproporcional de estudos pode gerar o efeito contrário ao pretendido. Por isso, é preciso saber dosar o tempo dedicado a sua formação;
  • falta de descanso adequado: quando o aluno não descansa, acaba prejudicando a concentração e, por consequência, a qualidade do aprendizado;
  • sedentarismo: as atividades físicas ajudam na disposição, o que faz toda diferença para a qualidade dos estudos e concentração. Faça exercícios regulares, especialmente na parte da manhã. Isso vai trazer mais energia e ajudar a manter o foco nos estudos.

Como vencer a procrastinação?

Esse é um dos problemas mais comuns associados à dificuldade nos estudos. Muitas vezes ela acontece quando o aluno tem a sensação de ter muito tempo disponível para estudar, o que faz com que adie tarefas de forma constante.

A melhor estratégia para vencer a procrastinação é planejando uma rotina de estudos, elencando lista de atividades e seguindo um cronograma de estudo predefinido. Assim, você vai ter o tempo adequado e de qualidade para se dedicar ao que realmente importa, sem precisar abrir mão de momentos de lazer e descanso.

Por fim, estudar em regime EAD certamente garante uma série de benefícios ao estudante. Contudo, todas as vantagens e facilidades do modelo digital só serão verdadeiramente aproveitadas se o aluno trabalhar bem a autonomia. Gerenciando bem o uso do tempo e as obrigações a serem cumpridas, sejam elas profissionais, pessoais ou educacionais.

Na prática, estudar EAD com boa qualidade é resultado de um somatório de ações, o que envolve desde descansar, dormir e se alimentar bem, até se manter motivado, envolvido e comprometido com os objetivos nos estudos.

Você gostou deste artigo sobre como estudar pela EAD e alcançar excelentes resultados? Então, aproveite para entrar em contato conosco e conheça mais sobre o portal de ensino a distância da EBRADI.

newsletter

Novidades de EBRADI por e-mail

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Entre em contato com a equipe EBRADI

Preencha o formulário e fale com um consultor de vendas

Condições especiais para a sua matrícula

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

| AVISO DE COOKIES

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para auxiliar na navegação, aprimorar a experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo do seu interesse. Para mais informações consulte nosso Aviso Externo de Privacidade.