O juiz Djalma Moreira Gomes, da 25ª vara Cível Federal de São Paulo, determinou a isenção de pagamento da contribuição previdenciária patronal incidente em verbas remuneratórias, por conta de acordos e condenações trabalhistas a uma empresa sueca que atua no ramo de construção, em virtude de sua escolha pelo regime de Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta – CPRB.

De acordo com os autos do processo, a empresa disse que houve uma queda nas suas atividades e consequentemente, diminuiu o seu faturamento, sendo afetada pela crise política e econômica que o Brasil convive. Por conta disso, as diversas reclamações trabalhistas foram ajuizadas pleiteando a sua condenação ou a celebração de acordos judiciais para que fosse efetuado o pagamento das verbas remuneratórias, exigindo o pagamento da contribuição previdenciária patronal.

A defesa da empresa, por sua vez, ressaltou o cenário de crise econômica que atinge o país, dessa forma, aumentando o número de desemprego. Todavia, foi observado que a empresa recolheu em duplicidade a contribuição previdenciária sobre as verbas remuneratórias em virtude de decisões judiciais e acordos trabalhistas.

Tenha as mesmas condições

Ao analisar o caso, Djalma Moreira Gomes reconheceu o pagamento da duplicidade em virtude das provas apresentadas nos autos e determinou que há o direito à devolução do indébito tributário, visando a impossibilidade de efetuar o pagamento em duplicidade.

Por fim, foi observado que a empresa não está sujeita ao pagamento das contribuições previdenciárias patronais em virtude de sentenças e acordos trabalhistas, visto que, essa submete-se ao regime de Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta e, por conta disso, foi determinada a condenação da União a devolver os valores que foram pagos indevidamente.

Gostou deste conteúdo?

Então, siga nossos perfis no FacebookInstagramLinkedIn e Twitter!

newsletter

Novidades de EBRADI por e-mail

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Entre em contato com a equipe EBRADI

Preencha o formulário e fale com um consultor de vendas

Condições especiais para a sua matrícula

| AVISO DE COOKIES

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para auxiliar na navegação, aprimorar a experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo do seu interesse. Para mais informações consulte nosso Aviso Externo de Privacidade.