Quem atua no Direito sabe o quanto é necessário buscar conhecimento: mudanças e atualizações em leis, jurisprudências, súmulas, informativos, palestras e cursos otimizam o exercício da advocacia, assim como os livros de Direito.

Não falamos daqueles escritos por doutrinadores, mas dos que trazem a visão jurídica no enredo e nas entrelinhas. Essas obras evidenciam valores a partir do caso narrado, ajudam na construção da conduta ética do profissional e cooperam para a sua boa desenvoltura em corte, além de contribuírem para a aquisição de aprendizados não restritos às normas e decisões judiciais.

Quer dicas de leituras valiosas para melhorar a sua atuação na advocacia? Confira os benefícios dessa prática e algumas obras imperdíveis na sequência!

A importância da leitura para os advogados

Mário Quintana — importante poeta e jornalista brasileiro — ressaltava a capacidade dos livros de transformar as pessoas e a delas de mudar o mundo. Se você é advogado, com certeza já comprou ao menos um Vade Mecum. Mas como complementar a sua formação pessoal e profissional?

Não se discute o quanto é essencial ler doutrina, lei seca e jurisprudência, pois elas respaldam fundamentações processuais, pleitos, argumentações em peças e sustentação oral. Afinal, o Direito é feito de normas e entendimentos dos tribunais.

No entanto, quanto tempo você dedica a livros focados em histórias e enredos, não em disciplinas jurídicas? Essa leitura é tão importante quanto a das outras obras mencionadas, porque contribui para a construção pessoal e profissional do advogado.

Alguns benefícios verificados são: melhoria da oratória, maior capacidade de conectar fatos e alegações e desenvolvimento da inteligência emocional. Ainda, o jurista aprende a lidar melhor com as pessoas, otimiza a captação de clientes e pode virar expoente em sua área de atuação quando aprende a se comunicar de forma efetiva.

Livros essenciais para todo advogado

Ser um bom advogado não requer apenas ter amplo conhecimento jurídico, mas também competências ligadas à comunicação e aos valores éticos. Você aprende muito lendo como os colegas de profissão se comportam nos livros, mesmo quando eles são personagens fictícios.

Além do mais, questões históricas, morais e sociais são levantadas, o que dá abertura para discutir aspectos legais. A seguir, indicamos algumas leituras que vale a pena conferir.

O Mercador de Veneza

Escrita por Shakespeare, a obra foi adaptada para o teatro e virou filme. Trata-se de um romance que se passa na mencionada cidade italiana no século XIV, onde um judeu é obrigado a dar pedaços de seu corpo ao credor por não ter quitado um empréstimo.

A situação parece absurda, mas retrata a construção jurídica da época, permitindo a comparação com os princípios regentes da relação contratual nos tempos atuais. O defensor do réu encontra uma brecha no acordo firmado entre as partes e faz a defesa com maestria. Esse livro evidencia a importância da advocacia.

1984

O livro de George Orwell se passa no referido ano e tem Londres como cenário. Em uma sociedade totalmente vigiada pelo Estado totalitário (“Big Brother is watching you”), vive o personagem principal: um funcionário do governo encarregado de falsificar registros históricos.

A revolta contra o sistema corrupto, a organização social sem leis e as questões políticas e econômicas permeiam a trama. É uma ficção, mas apresenta traços de realidade capazes de instigar e perturbar o leitor, principalmente quando consideramos que a obra foi escrita em 1949 e permanece tão atual.

O Sol é para Todos

O cenário: década de 1930, Sul dos Estados Unidos, região caracterizada até hoje pelo forte preconceito racial. O livro conta a história de duas crianças cujo pai, advogado, foi contra o senso geral da sociedade e defendeu um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca.

Os pequenos relatam várias outras memórias, ressaltando a desigualdade racial e o racismo. A obra de Harper Lee impacta porque a narração permanece atual no século XXI, quando casos de discriminação semelhantes são noticiados na mídia todos os dias.

Crime e Castigo

O livro foi publicado em 1886, mas continua famoso no mundo todo. Na obra, Raskólnikov é um jovem pobre que se inspira em grandes homens historicamente renomados — como Napoleão e César — e assassinos impunes.

O rapaz comete um crime sem testemunhas e fica paranoico, passando a ser assombrado pela sua atitude. O enredo se passa em São Petersburgo e narra os fantasmas do personagem principal, além de retratar a tirania que assolava a população na época. A obra faz um passeio por becos, tabernas e povoados locais.

Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas

Persuasão e uma sólida rede de contatos são aspectos profissionais fundamentais nas mais diversas áreas do mercado de trabalho. Isso não seria diferente na advocacia, afinal, o poder de convencimento é especialmente importante quando você opta por essa carreira.

Tenha as mesmas condições

Dale Carnegie, autor da obra, utilizou a sua experiência como orador nesse livro de leitura leve e fluida. As dicas de relacionamento interpessoal ali descritas ajudam o leitor a fazer e manter contatos, além de outras questões essenciais sobre se conectar com o outro e trazê-lo para o seu ponto de vista.

O Caso dos Exploradores de Caverna

Publicado em 1949 nos Estados Unidos, pelo professor Lon L. Fuller da Harvard Law School, o enredo traz a história de 5 homens que ficaram presos em uma caverna no ano de 4300. Buscando a sobrevivência, eles decidem tirar, na sorte, qual deveria morrer, a fim de servir de alimento aos demais.

O resgate dos exploradores envolve contato com padres, médicos, juízes e autoridades governamentais. Após serem resgatados, os 4 sobreviventes vão a julgamento pela morte do companheiro, suscitando questões morais, de hermenêutica jurídica, jusnaturalismo e positivismo, elucidando a complexidade do caso aos olhos do Direito.

Memórias do Cárcere

Que tal ler sobre a experiência real de um dos maiores romancistas e jornalistas brasileiros? Graciliano Ramos é o personagem principal e o autor dessa narrativa cujo enredo conta os detalhes das torturas sofridas por ele em presídios do Rio de Janeiro e Pernambuco.

O escritor foi informalmente acusado de participar da Intentona Comunista de 1935, época da Era Vargas. Na obra, ele traz à tona as situações vistas e vividas no cárcere, citando presos políticos renomados, como Olga Benário.

O Júri

Formado em Direito, John Grisham escolheu a área criminal como especialização. Sua experiência como advogado criminal serviu de base para que ele escrevesse diversos romances envolvendo o sistema judiciário americano.

Nessa obra, Grisham constrói um enredo sobre a independência do júri. Afinal, quais são os poderes dos jurados e o quanto eles podem ser influenciados por pessoas externas? Para responder a esse questionamento, a narrativa gira em torno da história de uma viúva que perdeu o marido vítima de um câncer no pulmão.

Inconformada com essa perda, ela processa a empresa de cigarros. A disputa judicial entre a viúva e a poderosa — companhia é levada perante o júri. Será que os jurados conseguirão conduzir o julgamento de forma ética sem serem manipulados pela empresa? A resposta está nas páginas desse livro tão aclamado.

O Primeiro Ano: Como Se Faz Um Advogado

Esse foi um dos primeiros livros de Scott Turow, escritor e advogado americano, formado pela famosa Universidade Harvard. Essa prestigiada universidade americana é o cenário dessa obra, que retrata as experiências do autor em seu primeiro ano no curso de Direito.

A livro mergulha na mente do estudante, expondo as principais dúvidas, a confusão com os termos jurídicos, o grande volume de livros para ler e a pressão sofrida no ambiente competitivo das faculdades norte-americanas de primeira linha.

O Processo

Esse romance — queridinho de diversos professores de Direito — deveria fazer parte da biblioteca de todo advogado. Afinal, Franz Kafka, autor da obra, se graduou em Direito e se tornou um dos mais influentes autores do século XX.

Suas obras costumam destacar as dificuldades burocráticas do sistema judiciário. “O Processo” segue a mesma linha e conta a história de Josef K., que é preso e processado sem saber especificamente quais são as razões da acusação. Ao buscar se defender, o personagem se vê envolvido na burocracia judiciária.

A Pane

Esse livro de Friedrich Durrenmatt narra a história de um viajante que, após uma pane em seu carro, precisa passar a noite em um povoado próximo. Nesse local, o personagem é convidado a se hospedar na casa de um juiz aposentado, que o recebe com um maravilhoso jantar.

Durante sua estadia inicia-se um jogo encenando um julgamento. O que começa como uma brincadeira, logo transforma-se em um pesadelo. A obra explora os limites da realidade e os papéis exercidos no judiciário.

Justiça: O que é fazer a coisa certa

Michael J. Sandel é professor de filosofia política na renomada Universidade Harvard e atua fazendo palestras no mundo todo sobre ética. Essa obra foi criada, inicialmente, para acompanhar suas aulas, mas, devido à linguagem objetiva com que trata diversas questões filosóficas sobre justiça, se tornou um sucesso entre o público.

Sandel expõe de forma acessível o pensamento de diversos autores, como Kant, e convida os leitores a refletirem sobre os aspectos da vida, demostrando que um maior entendimento sobre filosofia leva a melhor compreensão sobre o mundo e a sociedade.

A literatura exerce um papel evidente no desenvolvimento intelectual das pessoas. Ainda, o acesso a bons livros de Direito é determinante para a formação do profissional jurídico. Desse modo, a leitura contribui para a construção de um advogado mais completo, com um diferencial competitivo no mercado de trabalho. Que tal começar hoje mesmo a leitura de alguma das obras listadas no texto?

Gostou da seleção de livros de Direito que fizemos especialmente para os operadores do Direito? Compartilhe esse post nas suas redes sociais. Aproveite essa chance para fortalecer a sua rede de contatos!

newsletter

Novidades de EBRADI por e-mail

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Entre em contato com a equipe EBRADI

Preencha o formulário e fale com um consultor de vendas

Condições especiais para a sua matrícula

| AVISO DE COOKIES

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para auxiliar na navegação, aprimorar a experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo do seu interesse. Para mais informações consulte nosso Aviso Externo de Privacidade.