A Justiça do Trabalho, em decisão proferida pelos integrantes da 11ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª região, reconheceu, por unanimidade, a prática de assédio sexual cometida por um ex-funcionário contra uma colega de trabalho.

De acordo com a empregadora que efetuou a dispensa como justa causa, o ex-funcionário passou os órgãos sexuais nas costas de uma colega de trabalho e, além disso, assediou, com frases libidinosas, outras funcionárias presentes no mesmo ambiente.

A defesa da empregadora se manifestou no sentido de que o funcionário já possuía diversas situações envolvendo suas práticas libidinosas, de forma que a empresa tenha tomado conhecimento destas a partir de 2017.

Diante do conhecimento apurado pelo ocorrido no ambiente de trabalho, a empresa abriu um procedimento administrativo interno para investigar a conduta do reclamante e, durante esse processo, descobriu novas práticas desrespeitosas contra suas colegas de trabalho.

Tenha as mesmas condições

Durante o processo, diversas testemunhas confirmaram a conduta desrespeitosa praticada reiteradamente pelo ex-funcionário, de forma que tal ação fosse incompatível com um ambiente de trabalho digno de exercer as atividades habituais. Ainda, em fase de apuração das condutas praticadas pelo reclamante, destaca-se que o computador em que usava para exercer o trabalho estava bloqueado, visto que ele o usava para assediar empregadas de um cliente da empresa.

Ao analisar o caso, o juiz convocado Danilo Siqueira de Castro Faria, relator no processo, destacou que o ex-funcionário praticou, de forma reiterada, diversos comportamentos incompatíveis com o ambiente de trabalho, de forma que seja possível observar que sua conduta desrespeitosa é prejudicial ao exercício das atividades habituais por parte dos demais colegas de trabalho.

Portanto, deu provimento ao recurso da reclamada para reformar a sentença do juízo da 20ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, a fim de manter a justa causa.

Gostou deste conteúdo?

Então, siga nossos perfis no FacebookInstagramLinkedIn e Twitter!

newsletter

Novidades de EBRADI por e-mail

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Entre em contato com a equipe EBRADI

Preencha o formulário e fale com um consultor de vendas

Condições especiais para a sua matrícula

| AVISO DE COOKIES

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para auxiliar na navegação, aprimorar a experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo do seu interesse. Para mais informações consulte nosso Aviso Externo de Privacidade.