O projeto de lei 5.820/19 que tramita na Câmara dos Deputados e está aguardando o parecer do relator na CCJ, trata da herança digital, além de incluir uma possível realização de codicilo em vídeo no Código Civil.

Desenvolvida pelos advogados Clodoaldo Moreira e Tiago Magalhães (presidente e vice-presidente da Comissão Especial de Direito Civil da OAB/GO), Angela Estrela e Marcos Antônio Niceas Rosa, em conjunto com o vereador Lucas Kitão.

Apresentada em outubro de 2019 para o deputado Federal Elias Vaz, foi justificado que com a internet crescendo de forma vasta, foi criada uma realidade virtual que está presente no dia-a-dia de todos, sendo assim “possibilitando as pessoas utilizarem desses meios como forma de expor seus conteúdos e ideias, expressões da personalidade”.

Ainda mais, a justificativa para o projeto salienta que parte do patrimônio de grande parte das pessoas está dentro dos espaços virtuais, e é sabido que o direito da personalidade é vitalício. Porém quando a pessoa falece, são perdidos todos os acervos virtuais por falta de um meio eficaz e simples para dispor sobre este.

“Dessa forma, esta proposta para alteração do Código Civil em vigor pretende aprimorar o Codicilo, possibilitando que ele seja feito não só na forma tradicional, escrito, mas também em meio eletrônico, digital, nos moldes da sugestão que segue abaixo para a nova redação dos artigos pertinentes ao tema.”

De forma que cumpra as disposições dadas no projeto, o artigo 1.881 do Código será modificado, este estabelece que qualquer pessoa que é capaz de testar poderá fazer determinações em específico sobre o próprio enterro por meio de instrumento particular. Sendo que a validação será feita por meio de certificação digital, não precisando de testemunhas e sempre registrará a data de efetivação do ato.

O projeto permite que a parte grave sua vontade por meio de sistema digital de som e imagem, precisando haver nitidez e clareza tanto nas imagens quanto no som, com a data de realização do ato, assim como registrar das duas testemunhas presentes, que são exigidas no caso de cunho patrimonial.

Tenha as mesmas condições

É preciso que tal mídia seja gravada de forma que seja compatível com os programas computadorizados de leitura que existem na data que efetivar o ato: “contendo a declaração do interessado de que no vídeo consta seu codicilo, apresentando também sua qualificação completa e das testemunhas que acompanham o ato, caso haja necessidade da presença dessas”.

Esse projeto define a herança digital como fotos, vídeos, senhas de redes sociais assim como outros elementos que apenas estão armazenados na internet, dentro de uma nuvem.

 

Gostou deste conteúdo?

Então, siga nossos perfis no FacebookInstagramLinkedIn e Twitter!

newsletter

Novidades de EBRADI por e-mail

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Entre em contato com a equipe EBRADI

Preencha o formulário e fale com um consultor de vendas

Condições especiais para a sua matrícula

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

| AVISO DE COOKIES

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para auxiliar na navegação, aprimorar a experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo do seu interesse. Para mais informações consulte nosso Aviso Externo de Privacidade.