A 1ª seção do Superior Tribunal de Justiça  (STJ) entendeu ser desnecessária a conveniência da Súmula nº 408 com tese de recurso repetitivo sobre a mesma questão  (Tema 126). Nesse sentido, o relator foi o ministro Og Fernandes, o qual argumentou com a justificativa para a criação da súmula à época dos fatos com a finalidade de sistematizar em enunciados sumulares a compreensão vinculante excluído de recursos repetitivos.

Todavia, em razão de disposição legal encontrada no Código de Processo Civil e regimental encontrada no Regimento Interno do Superior Tribunal de Justiça, observa-se uma necessidade de simplificação da prestação jurisdicional.

O texto da súmula traz a seguinte disposição: “nas ações de desapropriação, os juros compensatórios incidentes após a Medida Provisória 1.577, de 11 de junho de 1997, devem ser fixados em 6% ao ano até 13 de setembro de 2001 e, a partir de então, em 12% ao ano, na forma da Súmula 618 do Supremo Tribunal Federal (STF)”.

    Contudo, ao julgar a Pet, a tese que ficou fixada no Tema 126, possuía exatamente o mesmo conteúdo da súmula cancelada e por conta disso seu texto foi alterado e passou a dispor: “o índice de juros compensatórios na desapropriação direta ou indireta é de 12% até 11 de junho de 1997, data anterior à vigência da MP 1.577/1997”.

Tenha as mesmas condições

     Ao observar toda a complexidade, o relator destacou que a medida tomada pelo cancelamento da súmula tem como objetivo a simplificação da pretensão jurisdicional, visto que se trata de procedimento inadequado qualquer tese que discorra sobre a compreensão do Supremo.

Portanto, compreendeu pelo acolhimento em parte da proposta de revisão de teses repetitivas para cancelar a Súmula 408 do STJ e adequar a Tese 126 do STJ.

Gostou deste conteúdo?

Então, siga nossos perfis no FacebookInstagramLinkedIn e Twitter!

newsletter

Novidades de EBRADI por e-mail

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Entre em contato com a equipe EBRADI

Preencha o formulário e fale com um consultor de vendas

Condições especiais para a sua matrícula

| AVISO DE COOKIES

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para auxiliar na navegação, aprimorar a experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo do seu interesse. Para mais informações consulte nosso Aviso Externo de Privacidade.