Na última terça (26/11), os desembargadores suspenderam a Súmula que destacava que “encerrada a jurisdição criminal de segundo grau, deve ter início a execução da pena imposta ao réu, independentemente da eventual interposição de recurso especial ou extraordinário”.

Nesse sentido, de acordo com o entendimento atual, impede-se o início das execuções provisórias decorrentes de julgamento proferido pelo Tribunal colegiado de 2ª instância.

1) A Súmula nº 122

Aprovada pela 4ª seção da Corte, pelo órgão formado pelas 7ª e 8ª turmas especializadas em Direito Penal, a Súmula entrou em vigor no final de 2016 e produzia efeitos até então. Todavia, diante de uma repercussão nacional e, diante de ADINs ajuizadas, o STF decidiu contrariamente, alegando pela inconstitucionalidade da prisão em 2ª instância.

Com a ausência de argumentos contrários diante da decisão pelo STF, o desembargador Aurvalle concluiu:

Tenha as mesmas condições

“impositiva a observância do decidido pelo STF nas ADCs, haja vista a eficácia erga omnes insculpida na Constituição. Inviável, no quadro atual, a execução provisória da pena”.

Nesse contexto, a Ministra do STF, Cármen Lúcia, ordenou um Agravo Regimental para que todos os casos que tiveram a prisão decretada, ainda em segunda instância, sejam revistos com urgência.

2) Súmula e suas características

Uma súmula, dentro do âmbito jurídico, é uma síntese de um entendimento colegiado sobre um determinado e delimitado assunto, para que as decisões possam seguir um padrão coerente.

No Direito Brasileiro, existem duas espécies de súmulas, aquelas que são emitidas pelos Tribunais inferiores como simples síntese decisória e as súmulas vinculantes, que são determinadas somente pelo STF e possuem força de lei.

Gostou deste conteúdo?

Então, siga nossos perfis no FacebookInstagramLinkedIn e Twitter!

newsletter

Novidades de EBRADI por e-mail

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Entre em contato com a equipe EBRADI

Preencha o formulário e fale com um consultor de vendas

Condições especiais para a sua matrícula

| AVISO DE COOKIES

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para auxiliar na navegação, aprimorar a experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo do seu interesse. Para mais informações consulte nosso Aviso Externo de Privacidade.