O acordo foi homologado pela juíza do Trabalho Flavia Storti, da vara de Ouro Preto/MG, em sede de ação civil pública movida pelo MPT contra as empresas Samarco Mineração S.A., Vale S.A. e BHP Billiton Brasil Ltda.

Nos termos do acordo, a mineradora Samarco deverá pagar R$40 milhões pelos danos morais coletivos, por conta do rompimento da barragem de Fundão, que aconteceu em 2015, em Mariana. Esse valor a ser pago tem como destino à execução de projetos e medidas compensatórias nas regiões impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão e em benefício das comunidades.

Ele também confere às mineradoras envolvidas quitação integral de todo e qualquer pleito por danos morais coletivos envolvendo o processo judicial ou administrativo que esteja tramitando na Justiça do Trabalho ou perante qualquer outra justiça. Vale comentar que o MPT fará a fiscalização do cumprimento de todas as obrigações, sendo sujeita a multa e outras medidas a empresa eu descumprir com o que lhe foi imposto.

Do mesmo modo, é preciso manter em vista que as atividades somente poderão ser retomadas no caso de a Samarco reavaliar o estado de conservação da mina, assim como suas dependências, equipamento e sistemas; restabelecer as condições de higiene e segurança do trabalho; drenar as áreas inundadas ou alagadas; verificar a estabilidade de estrutura da mina, reforçando aquelas danificadas, ademais de realizar estudos e projetos adicionais exigidos pelos órgãos fiscalizadores.

Por fim, frisa-se que a mineradora também deverá adotar medidas relacionadas ao meio ambiente do trabalho, tendo em vista prevenir a ocorrência de novos acidentes em seus estabelecimentos.

Tenha as mesmas condições

1) O que é uma ação civil pública?

Ação Civil Pública é o meio processual hábil a punir aqueles que ferem os direitos difusos e coletivos. Prevista na Lei no 7.347/85, tem o objetivo de defender esses direitos contra danos causados ao meio-ambiente, ao consumidor, a bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico.

Com a criação da Lei de Ação Civil Pública houve o surgimento do Inquérito Civil, sendo esse o procedimento investigatório realizado pelo Ministério Público, colhendo provas para a propositura da Ação Civil Pública.

A legitimidade dessa ação tem um caráter metaindividual, não podendo ser classificada como a pertinência subjetiva autônoma em que a figura é restrita ao titular do direito material discutido.  Ainda no que consta a legitimidade, ela pode ser classificada em três partes: Coletiva, já que pertence a vários titulares; Exclusiva, pois ambos possuem autonomia para propor a demanda independentemente de autorização; e por fim, Taxativa pois é prevista em lei.

É possível que haja a criação de Litisconsórcio Ativo, podendo ele ser inicial ou ulterior. O inicial é dado quando um dos legitimados propõe a demanda juntamente com outro co-legitimado, enquanto o ulterior é no caos eventual de que o co-legitimado ingresse com ação já proposta, alterando ou até ampliando os objetivos do processo.

A competência da ação é dada pelo foro do local do dano, mas no caso de delimitar duas ou mais comarcas, deverá ser adotado o critério da prevenção como forma de solucionar o impasse.

 

newsletter

Novidades de EBRADI por e-mail

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Nós usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre as informações solicitadas neste formulário e sobre outras informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento, utilizando o opt-out existente nas mensagens encaminhadas por nós. Para maiores informações, acesse nossos avisos de privacidade.

Entre em contato com a equipe EBRADI

Preencha o formulário e fale com um consultor de vendas

Condições especiais para a sua matrícula

| AVISO DE COOKIES

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para auxiliar na navegação, aprimorar a experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo do seu interesse. Para mais informações consulte nosso Aviso Externo de Privacidade.